Defesa Civil realiza monitoramento do rio Carahá de hora em hora

As previsões indicam que poderá chover até 110mm nas próximas horas em Lages.

Por ASCOM PML,
em Lages/SC

📷 Greik Pacheco / ASCOM PML

J
á no início da manhã desta terça-feira (30) a equipe técnica da Defesa Civil de Lages, estava monitorando o nível do rio Carahá, na ponte da Avenida Belizário Ramos com a Rua Cirilo Vieira Ramos, entre os bairros Caça e Tiro e Habitação. O vice-prefeito Juliano Polese acompanhou os trabalhos.


De acordo com o executivo de Defesa Civil, Jean Felipe Silva de Souza, o nível do rio Carahá está cinco metros acima do normal. O último aviso do Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden) informa, em sistema de alerta, que a região de Lages deverá ter precipitação de 70 a 110 mm em pouco espaço de tempo. “Além do monitoramento estamos trabalhando na orientação e prevenção para que as pessoas, que residem nas proximidades do rio, não sejam pegas de surpresa com as águas”, explicou Jean.

No final da tarde desta segunda-feira (29) um grupo de dez servidores comissionados, da Prefeitura, participantes da capacitação das ações da Defesa Civil, no início do mês, foi convocado pelo órgão municipal para reforçarem a equipe de trabalho e auxílio às pessoas atingidas pelas chuvas dos últimos dias. Este medida se dá também em função da previsão de mais chuvas nas próximas horas, diante da possibilidade de enchente, a partir do alerta do Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais. “O abrigo montado no bairro Habitação está recebendo as primeiras famílias que tiveram que deixar suas casas. Outros locais também estão preparados, para se necessário, receber mais pessoas com toda a estrutura necessária”, comentou o vice-prefeito Juliano.