Chuva causa transtornos em Lages neste sábado (27)

Desde às 18h chove ininterruptamente na cidade e fez com que os três principais rios que cortam a região urbana transbordassem em alguns pontos.

Por MAURÍCIO SANTOS do LAGES DIÁRIO,
em Lages/SC

📷 Passarela sobre o rio Carahá em frente ao Fórum Nereu Ramos. Neste ponto, as duas faixas no sentido Centro/Habitação ficaram interditadas devido a água na pista. (Foto: Maurício Santos / Lages Diário)

O
forte temporal que caiu sobre Lages por volta das 18h deste sábado (27) causou danos e ocasionou alagamentos em diversos pontos da cidade. Ao menos 13 bairros tiveram algum tipo de ocorrência devido à chuva que desde então cai ininterruptamente aumentando a preocupação de moradores e da Defesa Civil que está em regime de alerta.



Segundo a Defesa Civil, desde o temporal que durou cerca de meia hora e que veio acompanhado de rajadas de vento e descargas elétricas, foram inúmeros chamados através dos telefones de plantão, sendo que as ocorrências que se destacam estão a queda de um muro na rua José Passos Varella, no bairro Popular, na zona Leste. No mesmo bairro houve queda de fiação elétrica e a Celesc precisou ser acionada para repor e evitar transtornos maiores.

Na mesma região, só que no bairro Penha, uma árvore caiu na rua Alan Kardec, próximo ao Centro Socioeducativo, mas a via já está liberada após a retirada da árvore do local pelas equipes da Defesa Civil.

Alagamentos

📷 Rua Pernambuco, no bairro São Cristóvão tomada pela água após o transbordamento do rio Carahá. (Foto: Maurício Santos / Lages Diário)
Os três principais rios que cortam o perímetro urbano de Lages transbordaram em alguns trechos. O maior deles, o rio Carahá transbordou em diversos pontos, como nas pontes que dão acesso ao terminal urbano, como a ponte com a rua Fausto de Souza (Bar do Gordo); na frente do Fórum Nereu Ramos, e no bairro São Cristóvão, próximo a boate Kalavia. Diversas ruas adjacentes também ficaram debaixo d’água como a rua Pernambuco, no bairro São Cristóvão e a rua Brasília que deve parte do seu trecho invadido pela água do rio Carahá.

A situação mais delicada é nas ruas João Ribeiro Branco e Rita de Cássia, no bairro Sagrado Coração de Jesus. O rio Passo Fundo transbordou e como elas ficam abaixo do nível do rio, acabou sendo invadidas. O Corpo de Bombeiros em apoio à Defesa Civil auxiliou moradores que ficaram isolados. A água chegou em determinados pontos próximo à cintura. As ruas Humberto de Campos e Benedito Marcondes do Amaral foram interditadas próximo as pontes do rio Passo Fundo.

📷 Rua Ponte Grande, no bairro Guarujá, na zona Norte se transformou em um rio. (Foto: Maurício Santos / Lages Diário)
Houve registro de alagamentos nos bairros Ipiranga e Bom Jesus. A equipe do Lages Diário flagrou uma forte correnteza em determinado ponto da via. Alguns motoristas se arriscaram ao atravessar. (Veja ao fim da matéria, o vídeo da transmissão ao vivo que o LD fez no Facebook)

A Defesa Civil ainda monitora a situação das encostas de morros como nos bairros Morro do Posto e Morro Grande. A orientação tanto para a situação de risco de deslizamentos como a de alagamentos é a de as famílias que residam nestas áreas que deixem as casas, a prioridade neste momento é a integridade das pessoas.

O órgão ainda informou que há algumas famílias desalojadas, mas não especificou a quantidade e que por enquanto não é necessária a organização de um abrigo emergencial e pede que em qualquer situação de emergência, acioná-los pelos seguintes telefones: 199, 9 8406-4037 e 3222-9661.

Os bairros mais atingidos até o momento:

Copacabana
Santa Helena
Sagrado Coração de Jesus
Vila Maria
Bom Jesus
Beatriz
Araucária
Habitação
Penha
Ipiranga
Pereá
Nadir
Popular

Previsão é de mais chuva

De acordo com a Epagri/Ciram, a condição de chuva deve continuar neste domingo (28) em todas as regiões de Santa Catarina, sendo que ela deve ser de intensidade moderada a forte em alguns momentos do dia, com risco de temporal localizado na madrugada e manhã. A condição de chuva deve continuar durante boa parte da próxima semana.

Já a temperatura deve ficar mais amena com máximas entre 20ºC a 24ºC na maioria das regiões, e em torno dos 16ºC na Serra.

Preocupação com o represamento do Rio Carahá

Outra situação que preocupa os moradores, principalmente dos bairros Habitação e Caça e Tiro é com o efeito de represamento do rio Carahá pelas águas do rio Caveiras fazendo o nível do rio Carahá subir e até mesmo transbordar nesta área como já ocorreu diversas vezes. Por volta das 22h30 deste sábado, a equipe do Lages Diário passou pela ponte do Caça e Tiro e o nível do rio estava elevado, mas ainda distante da ponte, mas o que deve mudar nas próximas horas se a chuva persistir.