Carro cai de balsa e dois morrem no Rio Caveiras, em São José do Cerrito

Uma terceira vítima conseguiu sair a tempo e acabou sendo confundido com um assaltante e foi baleado por um proprietário de uma fazenda.

Por LAGES DIÁRIO,
em Lages/SC



D
ois homens, um de 45 e outro de 33 anos, morreram afogados após o carro em que estavam cair de uma balsa no Rio Caveiras, na localidade de São Miguel, no interior de São José do Cerrito, na Serra Catarinense. O acidente foi por volta das 03h de ontem, quarta-feira (10), mas o resgate do veículo e das vítimas fatais só pode ser realizado no início da tarde. Uma terceira vítima, que seria o motorista do veículo, de 29 anos, conseguiu sair do carro e ao tentar pedir ajuda em uma fazenda próxima ao local do acidente acabou sendo confundido com um assaltante e foi atingido por um disparo de arma de fogo.


De acordo com a Polícia Militar, a guarnição foi acionada por volta das 02h50 de quarta-feira (10) na localidade de São Miguel para dar apoio ao SAMU, em ocorrência onde solicitante relatou que foi vítima de uma tentativa de assalto e havia atirado no suspeito. No local, o autor do disparo, um homem de 45 anos, relatou que percebeu a presença de um outro homem dentro da propriedade e acreditando que tratava-se de um assaltante, realizou três disparos de arma de fogo na direção do homem, sendo que um dos disparos atingiu o peito do mesmo.

A vítima do disparo em breve conversa com os policiais, relatou que havia entrado na propriedade para pedir ajuda devido ao fato de que o carro que conduzia ter caído no rio com outros dois passageiros em seu interior. Relatou que transitava na estrada de chão e deparou-se com a balsa de São Miguel, como o local tinha pouca iluminação e a embarcação não tinha correntes, acreditou que seria uma ponte, e entrou e acabou caindo no rio.

Diante dos fatos, a guarnição de São José do Cerrito retornou ao local, onde encontrou somente a balsa e parte do parachoque do veículo sobre a mesma. O rio naquele trecho tem profundidade de cerca de 10 metros e por este motivo não seria possível afirmar se o carro estaria ou não submerso naquele local. A equipe de mergulho do Corpo de Bombeiros, em Lages, foram acionados, mas informaram que no horário e naquele local não haveria condições para realizar as buscas e que deveria se aguardar até o dia clarear.

Durante a manhã, as equipes de busca e salvamento se prepararam e no início da tarde, as equipes conseguiram localizar o veículo e o retiraram para fora, onde foram encontradas as duas vítimas no interior do Fiat Palio.


Diante dos fatos, o IGP foi ao local para a retirada dos corpos e encaminhou para o IML em Lages. O autor dos disparos foi preso em flagrante e levado à delegacia para as devidas providências juntamente com a arma.