26 bairros foram afetados pela chuva das últimas horas

Defesa Civil emitiu relatório atualizado na manhã deste domingo (28). 222 pessoas afetadas

Por LAGES DIÁRIO,
em Lages/SC

📷 Carros se arriscam em meio à água na rua Ponte Grande no bairro Guarujá. (Foto: Maurício Santos / Lages Diário)

A
Defesa Civil de Lages emitiu na manhã deste domingo (28) um relatório atualizado sobre a situação na cidade após horas de chuva praticamente ininterrupta. Desde às 18h, quando um forte temporal caiu sobre a cidade, diversos bairros da cidade foram afetados com alagamentos, pequenos deslizamentos e queda de árvores ocasionados pelas rajadas de vento que acompanhou o temporal. Ao todo, foram 26 bairros afetados e uma localidade no interior do município e ao todo 222 pessoas foram afetadas, informa o órgão.


Segundo o relatório, nas últimas 72 horas, choveu em Lages, na Serra Catarinense, 78,8mm. O rio Carahá transbordou na noite de sábado (27) após o temporal, o nível dele subiu 3,38m acima do normal. Os rios Passo Fundo e Ponte Grande em alguns pontos onde o nível da rua está abaixo da caixa do rio, fez com que provocassem alagamentos em ruas próximas como no Sagrado Coração de Jesus e também no Guarujá, na zona Norte.


📷 Destelhamento no bairro Popular. (Foto: Maurício
Santos / Lages Diário)
Houve ainda o registro de alagamentos nos bairros: São Cristóvão, Sagrado Coração de Jesus, Universitário, Centro, Habitação, Penha, Popular, Beatriz, Ipiranga, Santa Helena, Preá, Nadir, Vila Maria, Araucária, Copacabana, Várzea, Bela Vista, Jardim Cepar, Ponte Grande, Vila Esperança, Santa Catarina, São Sebastião, Pró-Morar e Caravágio. Além disso, na Várzea houve registro de queda de muro. No Popular houve registro de destelhamento (veja foto ao lado) e no bairro Penha houve queda de árvore.

Na zona rural de Lages, houve registro de alagamento na localidade do Salto Caveiras, a cerca de 20 km do Centro de Lages.

Sete pessoas estão desalojadas e o total de afetados é 222. Por isso, ainda não houve a necessidade de ativação de abrigos. Mas a Defesa Civil informou que os abrigos dos bairros Habitação, Guarujá, Passo Fundo e os CAIC’s Irmã Dulce (Guarujá) e Nossa Senhora dos Prazeres (Araucária) já estão em alerta.

Limpeza das ruas e risco de tempestade


A Secretaria de Meio Ambiente está realizando a limpeza das vias onde houve acumulo de lixo, barro e entulhos arrastados pela água. A Defesa Civil ainda alerta aos moradores que o regime de alerta continua, pois ainda há a previsão de tempestade neste domingo.  

PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia

Enquete: qual candidata você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2017?

Organizador do Bike Serra morre em acidente em Lages