Traficante é preso pelo PPT da PM no bairro Coral em Lages

Conhecido como “Giba” foi preso em flagrante quando realizava a venda de cocaína em sua residência.

Por LAGES DIÁRIO,
em Lages/SC



N
a noite deste sábado (1º), a Polícia Militar através do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) realizou a prisão em flagrante do vulgo “Giba”, de 34 anos, por tráfico de drogas. Ele estava comercializando cocaína, no momento da abordagem, na sua residência no bairro Coral, na zona Norte de Lages. Foram apreendidos ainda a quantia de R$ 353 reais em dinheiro, um DVR para monitoramento de vídeo, além de uma quantia em cocaína embalada pronto para o uso e ainda dois aparelhos celulares.


De acordo com a Polícia Militar, após várias denúncias de tráfico de drogas no referido local, na rua Prudente Moraes, no bairro Coral, a guarnição por volta das 22h20 realizou monitoramento da residência e flagrou vários carros saindo e chegando ao local, sendo que após um GM Celta sair do local, a guarnição abordou o referido veículo e após buscas localizou uma bucha de cocaína. O motorista do Celta informou que era usuário de cocaína, e que havia comprado a droga com “Giba” pelo valor de R$ 50 reais.

Com as informações, o PPT foi até a residência de “Giba”, e no momento em que o mesmo realizava negociação com outro usuário foi feita a abordagem dos mesmos. Em busca pessoal foi localizado no bolso de Giba, oito buchas de cocaína embaladas e prontas para a venda, e R$ 80 reais. A guarnição então realizou buscas no interior da residência onde dentro de um gabinete de computador foram localizadas outras porções maiores de cocaína já embaladas. Foi apreendida ainda a quantia de R$ 273 reais e um DVR da marca Luxvision (aparelho gerenciador de monitoramento de vídeo) onde mostrava a movimentação da residência de “Giba”, já que o mesmo possuía câmeras para monitorar a chegada da Polícia Militar e assim se desfazer de produtos ilícitos.


Diante dos fatos, os envolvidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil para as devidas providências. Na delegacia foram entregues também dois aparelhos celulares, um da marca Motorola e o outro da Alcatel onde constavam diversas negociações de Giba com outros usuários e traficantes da cidade.