Esbarrão de carrinhos de supermercado termina em confusão em Lages

Caso ocorreu na tarde deste sábado (8) envolvendo um homem e outro, que seria policial e que teria sacado uma arma na frente de dezenas de pessoas.

Por LAGES DIÁRIO,
em Lages/SC

📷 Divulgação

U
ma discussão banal por causa de um esbarrão de carrinhos de compras terminou em confusão e pânico entre frequentadores de um supermercado de Lages, na Serra Catarinense, na tarde deste sábado (8).


De acordo com informações de testemunhas no local, a discussão teria ocorrido dentro do estabelecimento localizado na rua Getúlio Vargas, no bairro Conta Dinheiro, quando um homem (nome e idade não divulgados) teria esbarrado o seu carrinho de compras em um outro, de um homem (nome e idade também não divulgados), que seria um policial militar de folga, neste momento, o primeiro teria pedido desculpas, que não foram aceitas pelo segundo que teria sacado uma arma, o que causou pânico entre as pessoas que estavam no supermercado.

Em nota, a Polícia Militar informou que a ocorrência de fato começou dentro do supermercado, e teria envolvido um policial e outras três pessoas, e não apenas uma como foi divulgado em redes sociais. “Durante discussão com outras três pessoas, estas, supostamente agrediram o policial e empreenderam fuga, ocasionando os desdobramentos que ainda serão devidamente apurados”, diz parte da nota. (Leia a nota na íntegra ao final desta matéria).

O policial acionou a guarnição da Polícia Militar que logo chegou ao local e acalmou os ânimos, sendo que ambos foram encaminhados à delegacia de polícia. O policial foi no seu próprio carro à delegacia. Os demais envolvidos foram levados em uma viatura.

Debate nas redes sociais

Muitas pessoas utilizaram as redes sociais para tratar do assunto, na base de um vídeo que já foi retirado do ar, onde mostrava a discussão já no estacionamento do supermercado. Muitos disseram que o policial foi despreparado emocionalmente, por ter sacado a arma em meio ao público, e outros defenderam à corporação da PM de Santa Catarina, e que o fato isolado não deveria ser generalizado para toda a corporação.

Nota oficial da Polícia Militar de Lages

“Em relação aos fatos noticiados em redes sociais no último sábado (08 de abril), ocorridos no Supermercado BIG de Lages, envolvendo policial militar, o Comando do 6º Batalhão de Polícia Militar de Lages vem a público de forma transparente esclarecer:

Trata-se de ocorrência policial iniciada no interior do estabelecimento, onde o policial militar realizava compras com sua família, e durante uma discussão com outras três pessoas, estas, supostamente agrediram o policial e empreenderam fuga, ocasionando os desdobramentos que ainda serão devidamente apurados.

Imperioso esclarecer que a ação resultou na lavratura de Termo Circunstanciado, onde tanto o policial, quanto os envolvidos, foram responsabilizados pela prática de infrações penais de menor potencial ofensivo (ameaça, lesão corporal e rixa), contudo, no momento da ocorrência, de forma a preservar a integridade dos envolvidos, os mesmos foram conduzidos para lavratura do procedimento em local seguro.

Informamos que o 6º Batalhão de Polícia Militar de Lages não coaduna com a prática de ações arbitrárias ou abusivas, sendo que os desdobramentos da ocorrência serão devidamente apurados, entretanto, sem realizar qualquer juízo de valor neste primeiro momento, assegurando às partes a ampla defesa, contraditório e, sobretudo, sua preservação

#ApoieQuemTeProtege
#6BPMLages”


PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia

Enquete: qual candidata você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2017?

Organizador do Bike Serra morre em acidente em Lages