Açougue tradicional de Otacílio Costa inova para aumentar a competitividade

O açougue Santa Helena aderiu ao Programa Alimento Seguro (PAS), do Sebrae 

DO CATARINAS COMUNICAÇÃO,
em Lages/SC

📷 Robson Ribeiro / Divulgação

H
á mais de duas décadas no mercado, o açougue Santa Helena, de Otacílio Costa, na Serra Catarinense, buscou no Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina (Sebre/SC) apoio para inovar e ser mais competitivo com o oferecimento de produtos e atendimento de qualidade elevada. Acompanhado por um Agente Local de Inovação (ALI), o empreendimento aderiu ao Programa Alimento Seguro (PAS) e já tem retornos positivos com as consultorias e capacitações disponibilizadas em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).


O trabalho da agente local de inovação Lidia Fernanda de Souza começou com orientação para melhorias e inovação na gestão da empresa com processos de atendimentos aos clientes, gestão de pessoas e finanças, além da capacitação da gestora para prepará-la como uma liderança inovadora.

“Os proprietários possuem abertura para sugestões tanto do ALI, quanto de seus colaboradores e outros parceiros. Eles buscam a liderança exemplar e motivadora. Isso é fundamental para quem quer inovar, melhorar os processos e tornar-se ainda mais competitivo no mercado”, destaca Lidia.

Qualidade e segurança alimentar

No PAS a ideia é produzir e manipular alimentos seguros garantindo a qualidade, aumentando a competitividade d empresa dentro do mercado. E isso foi feito no açougue Santa Helena. Com a elaboração de um manual de boas práticas específicos para o empreendimento foi possível conscientizar os colaboradores da importância da higiene pessoal, de embalagens, equipamentos e do ambiente de trabalho.

Além disso, compreender a forma de organização e disposição das mercadorias, evitando a contaminação e facilitando o trabalho. “Todo o trabalho realizado por meio do programa é acompanhado por consultores e auditores certificados pelo PAS e conforme determina a Agência Nacional de Vigilância Sanitária”, desta Adenilson Varela, coordenador do Núcleo de Relações com o Mercado do Senac.

Os colaboradores da empresa também receberam um certificado de participação no treinamento em boas práticas de manipulação de alimentos. Com o manual de boas práticas, a gestora tem condições de capacitar os novos colabores da empresa.

Novas ideias para se manter competitivo

Os processos administrativos e financeiros foram melhorados. A vitrine ficou mais atraente. O layout da loja mudou. Os funcionários estão em processo de capacitação. E a ideia da gestora Ilce Alves dos Santos de oferecer produtos diferenciados saiu da sua cabeça, foi para o papel e já é realidade. Além dos cortes tradicionais, o açougue Santa Helena é o único na cidade que disponibiliza receitas gourmet.

Hambúrguer de costela, costela desossada e recheada e pernil desossado e recheado e temperado com vinho completam e ampliam o mix de produtos do empreendimento. “Esse era um desejo antigo. Graças ao acesso a informação e as consultorias que recebemos, o sonho está se tornando realidade”, reforça.

No planejamento

A principal expectativa é a construção da sala de entreposto, refeitório e vestiários e a reorganização dos escritórios. Isso deve estar pronto nos próximos trinta dias. Além das melhorias na estrutura física, está no planejamento a elaboração de Plano de Treinamento para preparar uma equipe bem qualificada, aumento de vendas e visibilidade da empresa com parcerias estratégicas e pesquisas junto aos clientes para coletar novas demandas.

Sobre o ALI


O Projeto Agente Locais de Inovação é uma proposta do Sebrae/SC,  que na Serra Catarinense acompanha mais de 80 empresários de pequenas empresas na prática da gestão da inovação para tornar suas empresas inovadoras e competitivas. 

PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia

Enquete: qual candidata você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2017?

Música