Eliminatórias da Copa 2018

Brasil goleia Uruguai de virada, 4 a 1 e encaminha classificação para Copa na Rússia
Seleção saiu perdendo após erro bobo de Marcelo, mas com três de Paulinho e um de Neymar, Brasil pode garantir vaga na Arena Corinthians contra o Paraguai na próxima terça-feira (23).

Por LAGES DIÁRIO,
em Lages/SC

📷 Paulinho em noite de artilheiro marcou três da vitória do Brasil por 4 a 1 sobre o Uruguai em pleno mítico Estádio Centenário, em Montevidéu. (Foto: Dante Fernández / AFP)
A
Seleção Brasileira foi a Montevidéu encarar a vice-líder das eliminatórias e a única até então com 100% de aproveitamento em casa, e com três gols de Paulinho, e um de Neymar, o Brasil goleou de virada o Uruguai e deixou bem encaminhada a sua classificação para a Copa do Mundo da Rússia em 2018.

A vaga na Copa pode ser confirmada no jogo na Arena Corinthians, em São Paulo, contra o Paraguai, na próxima terça-feira (28), com a ajuda de outros resultados. O Uruguai enfrentará na mesma noite o Peru no Estádio Nacional do Peru.


O jogo

A Seleção Brasileira iniciou bem e logo aos 3 minutos, Neymar parte da defesa e na entrada da área tocou para Coutinho na lateral que cruzou rasteiro para a área, mas Firmino furou. O Uruguai respondeu rápido com Vecino que após a defesa brasileira afastar pegou de primeira e mandou para fora. O Uruguai continuou pressionando e o aos 7 minutos, em lance bobo de Marcelo que tentou recuar de cabeça para o goleiro Alisson, Cavani se antecipou e o arqueiro o derrubou, pênalti, que foi cobrado pelo próprio Cavani que rasteiro e forte não deu chances de defesa para Alisson. 1 a 0.

O Brasil administrava a bola, e o Uruguai apostava nos contra-ataques apesar de estar vencendo. Aos 18 minutos, Neymar toca para Paulinho que ajeita e de fora da área manda um foguete, Martín Silva tenta ainda chegar, mas não consegue, 1 a 1. O Uruguai apostava em sua grande arma, as bolas paradas, mas a defesa da seleção brasileira afastava. O Brasil quase chegou ao segundo gol aos 41 minutos com Neymar que recebeu pela esquerda, invadiu a área, mas Martín Silva chegou por baixo e fez uma grande defesa e assim terminou a primeira etapa, com certo equilíbrio.

Segunda etapa

O Brasil que havia terminado a primeira etapa com massiva posse de bola, cerca de 75%, continuava administrando essa posse, e com sete minutos de jogo, ele de novo Paulinho, virou o placar após rebote de Martín Silva em finalização de Firmino.

Com desvantagem  no placar, a seleção uruguaia partiu pra cima e até criou boas jogadas, e novamente em bolas paradas, exigiu mais do Alisson e o jogo ficou truncado. Os dois laterais brasileiros, Marcelo e Daniel Alves ficaram amarelados, o lateral-direito que estava pendurado não enfrentará o Paraguai na terça-feira. Godín e Coates ficaram amarelados pelo lado uruguaio.

O Brasil segurava as pontas após uma marcação mais alta do Uruguai e em contra-ataque, Neymar se livrou da marcação para tocar por cima de Martín Silva e ampliar o placar para delírio de Tite que correu em direção aos jogadores na linha de fundo. No fim, ao apagar das luzes, Paulinho fez o seu terceiro na partida após cruzamento de Daniel Alves aos 47 minutos no último lance do jogo.

Marca histórica

Com a vitória desta quinta-feira, o técnico Tite fez história pela Seleção Brasileira, ao ser o primeiro técnico a vencer sete partidas consecutivas na história das eliminatórias, com 22 gols marcados e apenas dois sofridos.  

📷 Tite durante vitória do Brasil sobre o Uruguai, a sétima vitória seguida em Eliminatórias sob o comando dele. (Foto: Natasha Pisarenko / AP Photo
Ficha Técnica
Uruguai 1x4 Brasil
Martín Silva
Alisson
Maxi Pereira
Daniel Alves
Coates
Marquinhos
Godín
Miranda
Gastón Silva
Marcelo
Arévalo Ríos
Casemiro
Vecino
Philippe Coutinho (William)
Carlos Sánchez (Abel Hernández)
Paulinho
Cristian Rodríguez
Renato Augusto (Fernandinho)
Diego Rolán (Stuani)
Neymar
Cavani
Roberto Firmino (Diego Souza)
Técnico: Óscar Tabarez
Técnico: Tite


PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia

Economia e Política

Enquete: qual candidata você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2017?