Carnaval 2017

Gaviões da Fiel fala sobre os migrantes que vieram fazer a vida em São Paulo
Escola foi quinta escola a desfilar na primeira noite de desfiles das escolas de samba do Grupo Especial de São Paulo.

Por LAGES DIÁRIO,
em Lages/SC

Gaviões da Fiel homenageou os migrantes que transformaram São Paulo em uma das maiores metrópoles do mundo. 📷 Fábio Moraes / G1 SP

O
amor dos migrantes que foram fazer a vida em São Paulo foi o tema de enredo da Gaviões da Fiel, a quinta escola a desfilar no sambódromo do Anhembi na primeira noite de desfile das escolas de samba do Grupo Especial do carnaval paulistano.


Com o enredo “Com as mãos e a guerra de um povo sonhador, surge o contraste de uma nova metrópole – Sampa, lugar de sonhos, oportunidades e esperança”, a Gaviões fez uma homenagem a milhares de migrantes vindos de vários cantos do país que tornaram São Paulo em uma das maiores metrópoles da Terra.

A escola veio ao sambódromo com 3 mil componentes e teve ao todo 22 alas que homenagearam nordestinos, cariocas e mineiros, por exemplo, entre outros, que vieram em busca de seus sonhos em São Paulo. Entre os destaques foi a alegoria que representava o antigo terminal rodoviário próximo à Estação da Luz, na região central de São Paulo. 


Impulsionados pela torcida corintiana que foi em peso ao sambódromo do Anhembi, a escola fez bonito no sambódromo. No início, porém, um princípio de briga na arquibancada quase estragou a bela  entrada da escola, mas logo os ânimos se acalmaram e tudo voltou a normalidade.  

A Gaviões da Fiel encerrou o desfile com 62 minutos (01h02). A próxima escola a desfilar é a Acadêmicos do Tucuruvi que irá homenagear os artistas de rua. 

PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia

Enquete: qual candidata você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2017?

Organizador do Bike Serra morre em acidente em Lages