Carnaval 2017

Beija-Flor inova, troca alas por “atos” e emociona Sapucaí
Escola foi a última a desfilar na primeira noite de desfiles do Grupo Especial do Rio de Janeiro.

Por UOL,
no Rio de Janeiro/RJ

📷 Ana Cora Lima / UOL 

Ú
ltima escola da abertura dos desfiles do Rio, a Beija-Flor surpreendeu com o desfile “Iracema - A Virgem dos Lábios de Mel”, que resgatou já sob a luz do dia a obra do escritor José de Alencar.


A sempre favorita agremiação de Nilópolis inovou ao substituir alas por “atos”, misturando integrantes em uma espécie de grande tapete carnavalesco, com muitas coreografias e encenações inspiradas na história de amor do livro.

Entre um e outro "ato", os integrantes da escola passaram em alguns momentos com fantasias diferentes uma das outras, dando um efeito diferenciado ao desfile.

Nas alegorias, mais invocação: nada de brilho ou paetês, mas muita cores e riqueza de detalhes em fantasias que utilizavam penas e sementes como adereços. Uma apresentação bela e extremamente colorida.

Toda essa riqueza da cultura indígena foi retratada em um samba não muito acelerado, de melodia forte e assobiável, um dos pontos mais fortes da Beija-Flor.


O público pode até não ter soltado o grito de “É campeão” ao fim do desfile, como em outros Carnavais, mas permaneceu em grande número até o fim.

PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia

Enquete: qual candidata você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2017?

Organizador do Bike Serra morre em acidente em Lages