Natal e Ano Novo

 NATAL FELICIDADE 
Turistas contam com cinco mil itens na Feira Serra Artesanal
O avanço da Feira de um ano para o outro é superior a 100%, sendo que durante o mês o incremento na renda do artesão é de 200%

Foto: Sandro Scheuermann / Prefeitura de Lages 


Por
ASSESSORIA DO MUNICÍPIO DE LAGES
em Lages/SC
É de perder a noção do tempo e de se esbaldar com tanta formosura em um lugar só. Assim é a reação de quem percorre os stands da Feira Serra Artesanal, no Calçadão da Praça João Costa, onde estão localizadas sete entidades parceiras diretas e constantes do Natal Felicidade, organizado pela Secretaria do Turismo, com 23 dias de uma programação puramente natalina e em grande parte tipicamente serrana. Os grupos são Exponeve, de São Joaquim/Entretentos, de Campo Belo do Sul, Associação Tramatusa, Cooperluz, Associação Lageana de Artesanato, Chico’s Couro, Projeto Ciranda (Samt) e Arte Terapia. Há também os stands da Secretaria do Turismo e da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL, com o Natal Solidário, atuando na arrecadação das cartas de crianças com seus pedidos ao Papai Noel, a serem atendidos por voluntários interessados em colaborar com um Natal mais feliz aos pequeninos. Mais de cinco mil itens estão à venda ao todo, com frequente reposição, feitos a partir de matérias-primas de tecido, velas, couro, lã, pinhão, fruto de pinheiro americano (pinus), “barba de velho” e porungo, como exemplos, abrangendo decoração natalina e domiciliar, utilitários, presentes e alimentícios, como doces caseiros (doce de leite, de abóbora e de gila).


A turismóloga da Secretaria do Turismo, Ana Vieira, explica que a Feira abriu no dia 1º de dezembro e segue até o dia 23, com funcionamento de segunda a sexta das 14h às 22h; aos sábados das 9h às 22h e aos domingos das 15h às 22h. Ana recorda que as entidades componentes da Feira Serra Artesanal passaram por algum processo de consultoria (produtos, gestão ou associativismo) juntamente ao Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com interferência de suporte na parte de sacolas, tags e etiquetas, além do aperfeiçoamento das peças.

Uma rede de contatos formatada para 365 dias

A Feira Serra Artesanal movimenta e envolve aproximadamente dois mil artesãos que sobrevivem dos trabalhos manuais. “A questão do ofício é um dos critérios na concepção da Feira, uma vez que a ideologia do Natal Felicidade compreende sustentabilidade e geração de emprego e renda. A ideia é criar um canal de contatos, venda e de distribuição durante o ano inteiro a estes profissionais, engatando um negócio permanente, abrindo novas possibilidades”, esclarece Ana Vieira, lembrando que não é fácil manter uma Feira a todo vapor ao longo de 23 dias. “Primeiro de tudo o artesão tem de fazer o investimento, e depois vender. Ele é quem faz tudo. É uma dedicação incrível.”

Esta é a quarta edição da Feira, contudo, somente a partir de 2014 passou a ser um evento regional, com convite a outros municípios. Em média, a Feira provoca o giro de R$ 50 mil em 23 dias de atendimento e comercialização. “Esta é a venda direta, mas existe a indireta, decorrente destes contatos.” O avanço da Feira de um ano para o outro é superior a 100%, sendo que durante o mês o incremento na renda do artesão é de 200%. Na Feira o estoque montado é inteiramente vendido.

Dúvidas podem ser dirimidas na Central de Informações Turísticas (CiTur), localizada na rua Nereu Ramos, ao lado da Loja da Samt, de segunda a domingo, das 9h às 19h. Contato: 3222-8210.

No Lages Garden Shopping, lageanos e turistas podem conhecer e adquirir produtos manuais na Loja Serra Artesanal, onde estão situadas as entidades Associação Tramatusa, Associação Lageana de Artesanato, Chico’s Couro, Projeto Ciranda (Samt) e Arte Terapia. Os produtos podem ser comprados de segunda a sábado das 10h às 22h e aos domingos das 14h às 20h. As instituições atuam pelo método de revezamento por escala apara bem atender os consumidores. Na Rodoviária Dom Honorato Piazera, a Associação Lageana de Artesanato mantém sua clientela ao longo do ano, bem como a Samt, na rua Nereu Ramos, e na Casa do Artesão


Foto: Sandro Scheuermann / Prefeitura de Lages

PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia

Enquete: qual candidata você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2017?

Organizador do Bike Serra morre em acidente em Lages