Esportes

 SUPERLIGA FEMININA 
Rio do Sul “em casa” perde para o Rexona SESC no Jones Minosso, em Lages
Equipe catarinense mandou seu jogo diante da equipe de Bernardinho em Lages, mas perdeu por 3 a 0.

Rio do Sul e Rio de Janeiro disputaram partida válida pela 7ª rodada da Superliga Feminina de Vôlei 2016/2017. (Foto: Maurício Santos / Lages Diário)


Por
MAURÍCIO SANTOS
em Lages/SC
Mais de 4 mil pessoas compareceram ao ginásio Jones Minosso na noite desta sexta-feira (2) para assistir a partida entre Rio do Sul e Rexona Sesc (Rio de Janeiro) pela Superliga Feminina de Vôlei e de alguma forma empurrar a equipe catarinense já que ela adotou Lages pela segunda vez como “casa” em partidas válidas pela competição nacional. Mas a equipe não foi párea diante da líder da temporada 2016/2017 e perdeu por 3 sets a 0.

::: Galeria de fotos 

O primeiro set foi o mais equilibrado, mas mesmo assim, a equipe comandada pelo técnico campeão olímpico pela Seleção Masculina de Vôlei, Bernardinho venceu com uma vantagem de nove pontos. 25 a 16 para a equipe carioca.

No segundo set, a torcida apoiou e cantou o tempo todo, mas novamente com um bom desempenho, a vantagem no set aumentou para dez pontos de diferença a favor da equipe do Rexona.

O Rio do Sul não mostrou força ao ímpeto da equipe carioca e no terceiro set com a equipe base da seleção brasileira feminina não tomou conhecimento e venceu por 25 a 12.

A ponteira holandesa Anne Buijs foi a maior pontuadora da partida com 15 dos 75 pontos do Rexona. Do lado da equipe do Rio do Sul, a maior pontuadora foi Natiele Gonçalves com 13 pontos.

Simpatia

Fabi posa com bandeira e torcedora da Chapecoense que vive uma semana trágica após desastre aéreo que matou 19 atletas e vários membros da comissão técnica na Colômbia. (Foto: Maurício Santos / Lages Diário)
Ao final da partida, ambas as equipes agradeceram a presença dos torcedores lageanos que lotaram o ginásio Jones Minosso e a maioria ficou para tirar selfies e dar autógrafos, mas disparado os mais disputados eram a líbero Fabi e o técnico Bernardinho, ambos do Rexona Sesc Rio de Janeiro.

Após partida, Bernardinho foi um dos mais disputados para selfies e autógrafos no Jones Minosso. (Foto: Maurício Santos / Lages Diário)

PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia

Enquete: qual candidata você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2017?

Organizador do Bike Serra morre em acidente em Lages