Economia e Política

 MEDIDAS ANTICORRUPÇÃO 
Deputada Carmen Zanotto afirma que não vai concordar com manobras para anistiar “caixa dois”
Deputada no plenário ainda defendeu que a votação não pode ser simbólica, mas nominal.


Foto: Agência Câmara 


Por
em Brasilia/DF
A deputada federal Carmen Zanotto (PPS-SC) afirmou em pronunciamento em plenário, nesta quinta-feira (24), que não vai aceitar quaisquer manobras que visem anistiar quem se utilizou de caixa dois.

As declarações foram uma reação a um suposto acordo que estaria sendo costurado entre alguns partidos para livrar de punição políticos acusados de terem praticado caixa dois eleitoral, após a aprovação na última madrugada do projeto de lei com as chamadas medidas anticorrupção. A matéria teve a favor 312 deputados, 65 votaram contra e 2 se abstiveram.


“Nós não podemos permitir isso”, destacou a parlamentar no plenário da Câmara. Carmen Zanotto também defendeu que a votação não pode ser simbólica, mas nominal.

“Cada um de nós, parlamentares, precisa votar essa matéria. Precisamos nos identificar, dar nome e sobrenome, para que os brasileiros saibam como estamos votando este projeto”, argumentou Carmen Zanotto.


Segundo a parlamentar, é um dever fazer o melhor possível e não permitir que nenhuma manobra venha prejudicar as dez medidas de combate à corrupção.

PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia

Enquete: qual candidata você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2017?

Organizador do Bike Serra morre em acidente em Lages