Política

 Sessão 
Câmara mantém veto a PL que previa reajuste salarial dos vereadores
Decisão veio por meio de reunião na tarde desta terça-feira (8) e foi aprovado o veto por unanimidade.

Do LD, em Lages
(jornalismo.lagesdiario@hotmail.com)

Os vereadores de Lages mantiveram o veto do prefeito Toni Duarte ao Projeto de Lei 065/2016 com redação final 044/2016 que tratava da revisão do salário dos vereadores para mais de R$ 9 mil e que incluía um efeito retroativo desde janeiro, o que geraria uma despesa de mais R$ 214 mil aos cofres públicos.


Durante a reunião na tarde desta terça-feira (8) que trata dos assuntos do dia, a matéria foi colocada em pauta, antecipando a votação marcada anteriormente para o dia 21 de novembro e sendo o primeiro assunto a ser votado foi aprovado por unanimidade pelos vereadores, o que gerou uma certa surpresa para os integrantes do Movimento Vem pra Câmara que estiveram presentes na sessão.


A vereadora Aida Hoffer (PSD) chegou a ir a tribuna explicar aos presentes de que o veto havia sido mantido. 

Acompanhe Lages Diário nas redes sociais. Curta no Facebooksiga no TwitterInstagramPinterest e Google+ e Adicione-nos no WhatsApp (49) 9923-9178.

Nenhum comentário