Esportes

 TRAGÉDIA NA COLÔMBIA 
Avião da Chape caiu em “buraco” que dificulta resgate e remoção dos corpos
Informações sobre o local do acidente com a equipe catarinense são de Sérgio Escobar, diretor executivo da Agência de Cooperação e Investimento de Medellín.

Local da queda do avião da Chapecoense, na Colômbia, dificulta o resgate (Foto: Policia Antioquia) 


Por
GLOBOESPORTE.COM
no Rio de Janeiro/RJ
O local onde caiu o avião que transportava a delegação da Chapecoense dificulta não só o trabalho de resgate dos sobreviventes, mas também a remoção dos corpos das vítimas. De acordo com informações do Sérgio Escobar, diretor executivo da Agência de Cooperação e Investimento de Medellín e Área Metropolitana, a aeronave entrou em um "buraco" de acesso complicado, mas as buscas já estão sendo retomadas para que os bombeiros possam entrar na fuselagem.


- As buscas foram suspensas de madrugada, mas isso não significa que o resgate deixou o local. Foi parado momentaneamente porque não era possível entrar na fuselagem do avião, o avião entrou em um buraco profundo, um local fácil para entrar, mas difícil para sair. A chuva parou e as buscas recomeçaram - afirmou Escobar, em contato por telefone com o Globoesporte.com.

Local da queda do avião da Chapecoense (Foto: Reprodução)
O voo com a equipe catarinense, que iria disputar o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional, sofreu o acidente nesta terça-feira no Cerro Gordo, próximo ao aeroporto internacional de Medellín, na Colômbia. No local da queda, há muito mato e as buscas também foram dificultadas por causa da chuva na região.

- O Cerro Gordo é uma pequena montanha, não é muito alto, mas o avião caiu em um vale que tem no meio dessa montanha. Não é possível chegar de carro até o local, os membros do resgate tiveram que andar por um longo trecho. Buscas de helicóptero também serão feitas - disse Escobar.

A intenção de brasileiros e colombianos é tentar fazer o transporte de corpos de volta para o Brasil o mais rápido possível. Para acelerar as questões burocráticas, autoridades dos dois países já estão conversando sobre o processo.

- A informação é que um avião está vindo do Brasil para a Colômbia com familiares e autoridades brasileiras. Possivelmente, os corpos dos mortos vão ser transportados de volta ao Brasil neste mesmo voo.


O diretor executivo da Agência de Cooperação e Investimento de Medellín e Área Metropolitana preferiu não adiantar mais informações sobre o motivo da queda do avião da Chapecoense. Além do resgate dos corpos, as equipes também tentam encontrar a caixa-preta do avião, que pode esclarecer as causas da tragédia que deixou dezenas de mortos nesta terça.

- As equipes de buscas já estão tentando encontrar as caixas-pretas para saber as causas da queda. Ainda é muito cedo para saber, mas diferentes autoridades do Brasil, da Colômbia e da Bolívia vão fazer as investigações - afirmou Sérgio Escobar.



PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia

Enquete: qual candidata você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2017?

Organizador do Bike Serra morre em acidente em Lages