Política

 Aumento polêmico 
Votação da PL que revisa salário dos vereadores será votado no dia 21 de novembro
Prefeito Toni Duarte (PPS) vetou o projeto que revista salário dos vereadores retroativo a janeiro para mais de 9 mil, e legislativo irá votar a derrubada ou não do veto.

Do LD, em Lages
(jornalismo.lagesdiario@hotmail.com)

Foto: Vantuir Rech / Divulgação
A votação do veto do prefeito Toni Duarte (PPS) ao Projeto de Lei (PL) 065/2016 que prevê a revisão geral dos salários dos vereadores de Lages que passaria para mais de 9,2 mil reais, foi adiada para o dia 21 de novembro, após uma sessão tumultuada na noite desta segunda-feira (31).


Com o plenário da Câmara dos Vereadores lotado por pessoas ligadas a sindicatos, ao movimento Vem Pra Rua, a população em geral e a imprensa, o veto foi discutido antes nas comissões e levada para votação no plenário, mas após muita discussão entre os próprios vereadores e também entre os legisladores e a população, a votação do veto foi anunciada pelo presidente da Câmara, o vereador Thiago Oliveira (PMDB) que seria realizada no dia 21 de novembro.


Entre os climas mais hostis foi a discussão verbal entre os vereadores Aida Hoffer (PSD) e Mario Hoeller (PSB), além de um momento de discussão entre o vereador Professor Domingos (PT) e alguns integrantes que estavam na plateia que viraram de costas para o vereador enquanto ele tentava dar prosseguimento em uma matéria que ele havia proposto. Outro ponto negativo da sessão foi a acusação da vereadora Aida de que teria sido agredida verbalmente pelo vereador e eleito vice-prefeito, Juliano Polese (PP), na qual, ele mesmo foi a tribuna negar veemente, alegando que nem na reunião onde ela alega ter sido agredida ele estaria.


Um dos manifestos mais exaltados foi a do vereador Adilson Roza, o Padeiro (PR) que argumentou que iria votar a favor da derrubada do voto, relembrou que havia votado pelo impeachment do ex-prefeito Elizeu Mattos (PMDB) – que renunciou na semana passada – e que se arrependia de que se não tivesse votado contra o até então prefeito, estaria eleito para a próxima legislatura. 

Acompanhe Lages Diário nas redes sociais. Curta no Facebooksiga no TwitterInstagramPinterest e Google+ e Adicione-nos no WhatsApp (49) 9923-9178.

PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Organizador do Bike Serra morre em acidente em Lages

Um morre e outro fica ferido em acidente entre carro e ônibus em Lages

Colisão traseira faz carro capotar na avenida Dom Pedro II, em Lages; veja vídeo