Trânsito

 SERRA CATARINENSE 



Por Maurício Santos, em Lages
(mauriciosantos.lagesdiario@hotmail.com)

Acidente deste domingo, 18, na BR-116 tirou a vida de três jovens em Lages. (Foto: Divulgação)
Um dia antes de iniciar a Semana Nacional do Trânsito que visa orientar, educar e conscientizar motoristas e pedestres, três jovens acabaram entrando para uma triste estatística, a de mortes de jovens no trânsito em Lages e na Serra Catarinense, infelizmente em muitos dos casos, a imprudência é o fator determinante para que essas vidas acabem sendo ceifadas. 

No acidente deste domingo, 18, envolvendo um GM Corsa e uma VW Amarok, três jovens - todos no Corsa - acabaram morrendo após a colisão frontal. Segundo testemunhas, o Corsa onde estavam os jovens invadiu a pista contrária em local proibido e veio a colidir frontalmente com a Amarok. O veículo era conduzido por um menor de 17 anos. 

Casal morreu após carro em que estavam colidir contra outro na Av. Papa João XXIII, em Lages. (Foto: Angela Ribeiro / Divulgação)
Em agosto, sete pessoas morreram em três acidentes num intervalo de uma semana em Lages. Sendo cinco delas, jovens entre 19 e 24 anos. No primeiro acidente, ocorrido no dia 9 de agosto, a hipótese é que uma falha mecânica pode ter ocasionado o acidente envolvendo um VW Gol e um GM Prisma no bairro Petrópolis que vieram a colidir lateralmente. Com o impacto, o Gol partiu ao meio e os dois ocupantes, um casal, acabaram falecendo, o rapaz que conduzia o veículo morreu no local e a jovem no hospital. Uma semana depois, uma das ocupantes do Prisma, de 43 anos, também veio a falecer.

No dia dos pais, dia 14 de agosto, dois jovens perderam a vida após
o carro em que estavam bater em um barranco na "curva da morte"
em Lages. (Foto: Maurício Santos / Arquivo Lages Diário)
No intervalo entre as mortes do primeiro acidente, mais dois acidentes, desta vez, um na conhecida “curva da morte” na avenida Santa Catarina na zona sul e, o outro na BR-116, na zona oeste de Lages. 

O acidente na “curva da morte” foi responsável por tirar a vida de um casal de jovens, o rapaz de 22 anos e a garota, de 19 anos e era a que conduzia o veículo. Neste caso, a velocidade acima da permitida no local pode ter sido a principal causa para o acidente que envolveu um VW Gol que veio a colidir no barranco.

O segundo acidente aconteceu na BR-116, no bairro Santa Mônica, na zona oeste de Lages e ali a imprudência foi de outro condutor e foi o responsável por tirar a vida de um jovem de 22 anos que seguia de moto para casa em São José do Cerrito quando foi atingido por um VW Saveiro com placas de Correia Pinto que estava sendo conduzido por um motorista embriagado.

Acidente em São José do Cerrito tirou a vida de um jovem de 22 anos. (Foto: Divulgação) 
No dia 28 de agosto, um jovem de 22 anos veio a falecer em acidente na BR-282 após perder o controle do veículo e cair em uma ribanceira, próximo a São José do Cerrito, na Serra Catarinense. As causas não ficaram bem claras, mas cogita-se que excesso de velocidade pode ter ocasionado a saída de pista, seguida de capotamento.

Carona do GM Astra acabou morrendo no local. Ele tinha 21 anos.
(Foto: Divulgação)
No dia 16 de junho, um grave acidente envolvendo um GM Astra e um caminhão acabou tirando a vida de um jovem de 21 anos que estava no Astra. O acidente aconteceu na BR-116 em Correia Pinto. A causa provável deste acidente é uma ultrapassagem em local proibido.

Quatro dias antes, em Campo Belo do Sul, outro jovem de 21 anos acabou perdendo o controle do veículo e vindo a colidir na traseira de um caminhão que estava no acostamento da SC-390 e veio a morrer no local.

Jovem de 21 anos acabou morrendo após colidir carro na traseira de um caminhão, em Campo Belo do Sul. (Foto: Rodrigo Antunes / Divulgação)
No dia 12 de março, um jovem de 26 anos, morreu após ser atropelado na BR-116, em Ponte Alta após ele ter desembarcado do ônibus quando retornava da faculdade em Lages. Neste caso, o motorista não parou para prestar socorro à vítima.

Dados preocupantes

Segundo a Organização Mundial de Saúde, o Brasil é o 33º país com a média de mortes no trânsito por cada 100 mil habitantes e hoje fica atrás apenas de países da África que tem índices de 26,6 mortes por cada 100 mil habitantes.

Em 2014, segundo o Ministério da Saúde foram mais de 43 mil óbitos no trânsito pelo Brasil, sendo que 90% foi causado por imprudência dos motoristas e pedestres. Em outra estatística, Santa Catarina registrou mais de 540 mortes em acidentes de trânsito envolvendo jovens entre 18 e 24 anos.

Na cidade de Lages não há uma estatística oficial para fazer um balanço de acidentes envolvendo feridos e óbitos, mas o fato é que, a situação é bastante preocupante e algumas medidas já estão sendo tomadas para fazer com que acidentes não ocorram, principalmente com vítimas fatais.

Fiscalização

A Polícia Militar tem intensificado as blitzes em vários pontos de Lages e de forma ostensiva tem conseguido realizar prisões de condutores que estavam dirigindo embriagados e, colocado vidas em risco, assim como carros com documentação irregular.

Agentes de trânsito também têm trabalhado bastante para conscientizar, orientar e, multar motoristas por infrações no trânsito que colocam não só as próprias vidas em risco, mas a de outras pessoas também.

Conscientização


Mas só a fiscalização não adianta, os próprios motoristas têm que perceber e se conscientizar sobre os perigos no trânsito. A manutenção do veículo em dia, sempre sinalizar quando realizar conversões, ultrapassar de forma segura em locais permitidos, manter a distância do veículo à frente, respeitar os limites de velocidade das vias tanto na cidade quanto na estrada, são algumas das orientações da PM, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Militar Rodoviária (PMRv) para que acidentes não ocorram e não tire mais vidas.  

Acompanhe Lages Diário nas redes sociais. Curta no Facebooksiga no TwitterInstagramPinterest e Google+ e Adicione-nos no WhatsApp (49) 9923-9178.

PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia

Enquete: qual candidata você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2017?

Organizador do Bike Serra morre em acidente em Lages