Mundo

 CONNECTICUT 



Por MSN Brasil, em São Paulo
(br.msn.com)

Foto: Arquivo Pessoal
Mais de dez anos após tentar matar a mulher, um cidadão brasileiro residente do Estado norte-americano de Connecticut foi acusado de matar a tiros sua filha de 19 anos, segundo a procuradoria do condado de Bristol. 

Segundo a Folha de S. Paulo, Sabrina da Silva, que era estudante do Bristol Community College, universidade do Estado americano de Massachusetts, foi assassinada no último dia 3 de julho em frente à sua casa, na cidade de New Bedford. O autor dos disparos teria sido Walter da Silva, de 45 anos, pai dela, de acordo com a denúncia apresentada nesta segunda (8). 

As autoridades não informaram sobre o motivo do crime. O acusado foi preso na última sexta-feira (5) pela polícia em Bridgeport, inicialmente por ser foragido da Justiça e violar sua liberdade condicional. Ele cumpria pena por tentativa de homicídio da mãe de Sabrina. 


"Esse caso de homicídio é particularmente arrepiante porque envolve um pai sendo acusado de matar sua própria filha", afirmou Thomas Quinn 3°, promotor distrital do condado de Bristol, em nota. "Ansiamos para processar o acusado por esse caso", disse.

Acompanhe Lages Diário nas redes sociais. Curta no Facebooksiga no TwitterInstagramPinterest e Google+ e Adicione-nos no WhatsApp (49) 9923-9178.

PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia

Enquete: qual candidata você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2017?

Organizador do Bike Serra morre em acidente em Lages